TJ SP nomeia mais de 100 aprovados! Possibilidade de novo edital.

Atenção concursandos: o TJ-SP nomeou nesta quarta-feira (05) mais de 100 candidatos aprovados no último concurso para o cargo de escrevente.

Esta convocação corresponde aos candidatos aprovados no concurso de 2018, que foi realizado pela Vunesp, que contou com o provimento de 235 vagas. Deste total, já foram preenchidas 225 vagas.

Sendo assim, a convocação contou com lotações para cidades como Araraquara, Barretos, Itapetininga, Piracicaba, Marília, Araçatuba, São José dos Campos e Americana.

Os detalhes podem ser consultados no Diário Oficial do TJ-SP.

TJ-SP: possibilidade de um novo certame

Nesse sentido, um novo certame pode acontecer a qualquer momento, já que recentemente foi realizado um novo aditivo do contrato com a Vunesp, organizadora do último certame.

Contudo, os aprovados estão sendo convocados para suprir o déficit de servidores, e com a possível criação de novos cartórios, um certame pode estar iminente.

TJ-SP: último certame realizado

O último certame realizado para o cargo de Escrevente foi realizado em 2018 pela Vunesp.

No último certame, a remuneração para o cargo era de R$ 4.706,53, contando com uma jornada de 40 horas semanais.

Além disso, a remuneração era composta por auxílio alimentação, saúde e transporte.

Sendo assim, o certame foi realizado em duas etapas, sendo elas:

1ª Etapa: Prova Objetiva de múltipla escolha, de caráter eliminatório e classificatório, contendo 100 questões.

2ª Etapa: Prova Prática de Formatação e Digitação, de caráter eliminatório, visando medir os conhecimento e capacidade do candidato de utilizar o computador no ambiente de trabalho.

Nesse sentido, a Prova Objetiva foi organizada em 03 (três) blocos:

  • Bloco I: Língua Portuguesa;
  • Bloco II: Conhecimentos em Direito, contando com as seguintes disciplinas:
    • Direito Penal;
    • Direito Processual Penal;
    • Direito Processual Civil;
    • Direito Constitucional;
    • Direito Administrativo;
    • Normas da Corregedoria Geral da Justiça;
  • Bloco III: Conhecimentos Gerais, contando com as seguintes disciplinas:
    • Atualidades;
    • Matemática;
    • Informática;
    • Raciocínio Lógico.

TJ-SP: atribuições do cargo de Escrevente

O cargo de Escrevente do TJ-SP tem atribuições relacionadas com a organização de todos os serviços que envolvem as funções de suporte técnico e administrativo.

Além disso, também é atribuição do Escrevente dar andamento em processos judiciais e administrativos, tal como atender ao público interno e externo.

O Escrevente também elabora e confere documentos como atas, relatórios, memorando e ofícios, tal como controla a guarda do material de expediente do TJ-SP, sendo um cargo de natureza administrativa.

Entretanto, existe uma proposta que visa transformar o cargo de Escrevente Técnico em cargo de nível superior. Contudo, o projeto de lei está parado na Alesp.

>>> Saiba mais sobre o tema: Concurso TJ SP: cargo de escrevente pode ser o último de nível médio <<<

Requisitos para TOMAR POSSE no cargo de Escrevente

Nesse sentido, para tomar posse no cargo de Escrevente do TJ-SP, é necessário preencher os seguintes requisitos:

  • Ser brasileiro nato, naturalizado ou gozar das prerrogativas previstas no artigo 12, § 1º da Constituição Federal de 1988;
  • Ter 18 anos de idade completos até a data da posse;
  • Estar em dia com as obrigações eleitorais;
  • Estar em dia com as obrigações do Serviço Militar;
  • Não ter sido condenado por crime contra o patrimônio, a Administração, a fé pública, os costumes e os previstos na Lei nº. 11.343 de 23.08.2006;
  • Não ter sido condenado por ato de improbidade previsto na Lei nº 8.429/92;
  • Ter concluído, até a data da posse, o Ensino Médio;
  • Gozar de boa saúde física e mental para o exercício das atribuições do cargo;
  • Possuir na data da posse os documentos comprobatórios dos requisitos exigidos para o cargo e preencher as exigências para a posse.

Considerações Finais

Embora ainda não haja previsão de um novo certame para o TJ-SP, os concursandos das carreiras judiciárias devem iniciar a sua preparação à longo prazo.

>>> Dica de estudos: Flashcards nos estudos: como utilizar para concursos. <<<

Com base no último edital, é possível ter um parâmetro para poder criar uma rotina de estudos consistente e com as técnicas mais adequadas.

O que importa nesse momento é começar os estudos e a preparação para obter os melhores resultados e alcançar a tão sonhada posse!

Comentários estão fechados.