Tempestade solar pode derrubar a internet? Entenda

Será que uma tempestade solar pode derrubar a internet e atrapalhar a sua vida aqui na Terra? Mais ou menos...Confira os motivos.

O grandioso sol produz uma quantidade imensurável de energia. Por isso, é normal que ocorra uma ou outra tempestade solar e que bilhões de toneladas de plasma magnetizado sejam liberadas no espaço de tempos em tempos. Essas ejeções chamadas de CMEs (coronal mass ejections) viajam a velocidades que superam os 11.000.000 km/hora. Além disso, o sol pode liberar até 20 dessas massas de plasma por semana, dependendo do seu ciclo de atividade.

Essas liberações de energia geram ondas, como acontece quando você joga uma pedra na água, por exemplo. Dessa forma, se elas encontram algo que também se propaga em forma de ondas, como as ondas eletromagnéticas, pode haver alguma interferência.

Mas, apesar de toda essa potência, dificilmente elas seriam uma ameaça para a vida na Terra. Afinal, estamos a uma distância segura do sol. De fato, isso permite que tenhamos todos os benefícios da sua companhia sem o medo constante do seu poder de fogo. Em alguns casos, porém, o inesperado acontece.

Como uma tempestade solar pode afetar a internet

No século XIX, em 1859 para ser mais exato, a onda de energia gerada por uma dessas emissões de plasma chegou até aqui. Mas, a humanidade ainda não fazia uso constante e ininterrupto da energia elétrica. Em tempos mais recentes, em 2012 tivemos a última grande ameaça de sermos afetados por uma tempestade solar. Nesse caso, quais seriam as consequências?

Infelizmente, estamos muito mais dependentes da energia elétrica e de todas as comodidades que a acompanham. De fato, quem vive sem internet?  Por isso, apesar de não apresentar risco à nossa integridade física, uma tempestade solar causaria um impacto muito maior em nossas vidas hoje do que 10 anos atrás. Veja a seguir o porquê.

Primeiro, a energia poderia danificar seriamente os componentes eletrônicos dos satélites em órbita. Em sequência, todo tipo de serviço que deles dependem ficariam offline, incluindo sistemas de navegação, como GPS e sistemas de comunicação, como a nossa querida internet, tão útil durante a pandemia. Além disso, uma grande onda de radiação eletromagnética poderia sobrecarregar nossos sistemas elétricos. Assim, transformadores queimariam e a queda de energia por um longo período seria inevitável. Esse seria o pior cenário possível.

Quais as chances de isso acontecer?

Na verdade, as chances de uma tempestade solar derrubar a internet e causar danos reais à rede elétrica e de comunicação na Terra são bem pequenas. Atualmente, os cientistas monitoram os ciclos de atividade solar bem de perto. Então, eles são capazes de prever com certo grau de antecedência caso haja uma ameaça real.

Nesse caso, as autoridades poderiam tomar medidas preventivas. Por exemplo, os satélites em órbita poderiam ser temporariamente desligados, evitando assim os danos aos seus componentes eletrônicos. Ao mesmo tempo, as redes de energia aqui na Terra poderiam ser reconfiguradas para suportar ou amortecer a sobrecarga causada pela onda eletromagnética solar.

Ou seja, mesmo que haja uma tempestade solar forte o suficiente para gerar uma onda de energia capaz de chegar até aqui, ainda assim é possível prever e nos prepararmos para aguentar o tranco. Pelo menos em teoria..

RECEBA NOVIDADES PELO CANAL DO TELEGRAM

Você também precisa ler:

Comentários estão fechados.