Técnicas de estudo comprovadas cientificamente que melhoram o aprendizado

Através de alguns métodos de estudo comprovados cientificamente você pode obter alto rendimento e sair na frente de seus concorrentes!

Quantas vezes você já tentou estudar algo que parece não entrar de forma alguma na sua cabeça? Isso acontece muito, principalmente, quando não se utiliza as técnicas de estudo corretas para você. O que funciona para uma pessoa não quer dizer que funcionará para você. Por isso, é importante conhecer e testar algumas técnicas até encontrar a melhor para você. Para ajudar a melhorar o seu aprendizado, separamos algumas técnicas de estudo comprovadas cientificamente.

  • Material impresso
  • Mapa mental
  • Método pomodoro
  • A mudança de lugar é uma das técnicas de estudo
  • Comece a variar os conteúdos
  • Nada de reler, mas sim relembrar

Material impresso é uma das principais técnicas de estudo

O digital tem crescido cada vez mais e muitos concurseiros optam por estudar por materiais digitais. Porém, algumas pessoas podem sentir diferença na absorção do conteúdo impresso e digital. E de acordo com um professor de psicologia da Universidade de Leicester, na Inglaterra, quando lemos através do material digital precisamos de mais repetições. Então, precisamos ler mais vezes do que quando lemos no material impresso.

Para um concurseiro a opção de ter que repetir mais vezes tendo como outra opção ler menos vezes e absorver da mesma forma, pode atrasar o avanço nos estudos. Afinal, você tem uma lista de conteúdos bem extensa para estudar, então, escolher a forma mais demorada não é interessante.

Mapa Mental

Se você gosta de estudar com foco mais no visual, os mapas mentais podem ser uma das principais técnicas de estudo para você.

Mapa mental é uma das técnicas de estudo comprovadas
Mapa mental é uma das técnicas de estudo comprovadas que melhoram o aprendizado

O mapa mental foi criado de fato na década de 70 e tem como ponto importante o tema central que será desenvolvido. Depois que definir qual será aquele tema, você começará a incluir os tópicos importantes sobre aquele assunto. Então, se você resolveu estudar sobre Atualidades, esse será o seu tema central e tudo que tem acontecido no Brasil e no Mundo que você considera importante serão tópicos.

O tema “Atualidades” ficará no centro e ao redor dele, através de setas e balões, ficarão os tópicos e subtópicos que quiser. Você pode desenhar no papel ou pode procurar por plataformas digitais que oferecem esse serviço – pago ou gratuito.

É uma forma de tornar mais fácil as futuras consultas e as revisões. O mapa mental deixa o seu estudo mais produtivo e fica mais claro na hora de absorver o conteúdo, já que você consegue deixar tudo organizado.

Método Pomodoro

Uma das técnicas de estudo mais conhecidas e que funciona muito bem. O Método Pomodoro é voltado para a produtividade, ou seja, mais concentração e foco na hora de estudar. Engana-se quem pensa que estudar direto sem nenhuma pausa ajuda no aprendizado. Todo mundo começa a perder o foco depois de um certo tempo de estudo. Ou seja, insistir em estudar sem nenhuma pausa faz com que não consiga absorver aquilo que estudou depois de um certo tempo.

O italiano Francesco Cirillo desenvolveu o Método Pomodoro na década de 80. Ele percebeu que a sua produtividade era melhor quando incluía pausas durante seus momentos de foco no estudo e trabalho.

E o método consiste em focar 25 minutos na tarefa e tirar 5 minutos de pausa. Esse é o comum de ser feito, mas você pode adaptar. Então, se você percebe que começa a perder o foco depois de 40 minutos, pode colocar foco nesses minutos e depois 5 minutos de pausa, por exemplo. Para não se perder no tempo, basta utilizar o despertador do celular ou aplicativos do Método Pomodoro.

A mudança de lugar é uma das técnicas de estudo

Talvez seja uma técnica pouco valorizada, mas que faz diferença para muitos estudantes e que vale a pena a tentativa. Um psicólogo da UCLA afirmou que mudar de local ajuda a absorver melhor as informações e melhora a concentração.

Se você não consegue sair da sua casa e ir para outro lugar, por exemplo, pode mudar apenas de cômodo que já fará diferença.

Comece a variar os conteúdos

É normal focar em apenas uma coisa por um tempão, mas cientistas já comprovaram que variar os conteúdos que estuda é melhor para a concentração. Agora, o ideal é não fugir totalmente do tema, ou seja, fique sempre dentro de assuntos relacionados.

Nada de reler, mas sim relembrar

O professor de psicologia da Universidade de Washington publicou um artigo em que fala sobre o hábito de ler e reler. De acordo com ele, esse hábito acaba levando os estudantes a se enganarem achando que sabem sobre o conteúdo, mas não é isso que acontece.

Ele defende que os alunos realizem a recordação do que foi estudado. Ou seja, é fechar o livro e tentar lembrar tudo que puder sobre o que leu.

Essas são algumas técnicas de estudo que foram comprovadas cientificamente para ajudar você a melhorar cada vez mais o seu aprendizado. Você pode praticar cada uma delas até encontrar a que mais combina com você e o seu método de estudo.

Por fim, se gostou do conteúdo deixe seu comentário, compartilhe com seus amigos nas redes sociais, veja nossas dicas quentíssimas para melhorar seu rendimento nos estudos, clique aqui. 

LEIA MAIS:

Comentários estão fechados.