Técnicas de estudo: as 10 técnicas mais eficazes para concursos

Olá concursandos, tudo bem com vocês? Hoje vamos falar sobre técnicas de estudo e como utilizá-las para melhorar seus resultados.

Se você está na jornada de estudar para concursos, você já deve ter buscado diversas formas e técnicas para maximizar os seus estudos.

Contudo, antes de buscar técnicas e métodos, você deve ter em mente o que é necessário estudar e o que o seu edital pede como prioridade, para assim verificar qual a melhor (ou as melhores) técnicas de estudo.

As 10 melhores técnicas de estudo para concursos

Sendo assim, trouxemos aqui 10 (dez) técnicas de estudo que são consideradas as melhores na jornada de estudar para concursos.

Contudo, é importante dizer que elas podem ser utilizadas de forma isolada ou combinada, e que antes de escolher você deve analisar qual a melhor opção para o seu cargo.

1 – Estudo intercalado e distribuído

 

Uma das técnicas de estudo mais eficazes é o estudo intercalado e distribuído, também conhecido como cronograma de estudos.

Basicamente, a técnica consiste em verificar quais as exigências do seu edital, assim como as disciplinas cobradas e organizá-las de acordo com a importância.

Alguns editais facilitam essa classificação trazendo a quantidade de questões de cada disciplina e os pontos por questão.

Nesse caso, você pode distribuir mais horas para as matérias mais densas e menos horas para as mais fáceis.

Mas calma, não significa que você deve estudar muitas horas de uma só vez. Por isso, é fundamental fazer ciclos de estudos, estudando 45 minutos e fazendo uma pausa para descansar.

Ao voltar da pausa, inicie outra matéria, até cumprir todo o ciclo definido dentro do seu cronograma de estudos.

2 – Marcação nos textos

Outra técnica muito utilizada é a marcação de textos, a qual grande maioria utiliza, seja em materiais impressos ou digitais.

De modo geral, esta técnica propõe que você vá marcando as partes mais importantes do texto e que contenham as informações mais relevantes.

Existem diversos meios para fazer as marcações:

  • Uma cor única apenas para destacar os conceitos principais;
  • Várias cores, cada uma contendo um critério de classificação definida de acordo com o seu aprendizado.

Aqui, você deve pensar em qual maneira lhe auxilia melhor nos estudos, para não se confundir com tanta informação.

Lembre-se: você deve destacar apenas os conceitos centrais, e não longos trechos do texto, para facilitar a memorização.

Caso queira, pode fazer anotações ao lado das marcações para facilitar a sua revisão.


Próximo

COMPARTILHE

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on linkedin







Comentários estão fechados.