SAIU! Concurso IDAF ES está com inscrições abertas!

Atenção concurseiros: o concurso IDAF ES está com as inscrições abertas, provendo 19 vagas + cadastro reserva para o cargo de Fiscal Estadual Agropecuário.

As inscrições do concurso IDAF-ES poderão ser feitas até o dia 10 de janeiro de 2022, no site do Instituto de Desenvolvimento e Capacitação (IDCAP), e a taxa de inscrição tem o valor de R$ 52,00 (cinquenta e dois reais). Saiba todos os detalhes do concurso a seguir.

Concurso IDAF ES: Cargos e remunerações

O concurso IDAF ES visa o provimento de 19 vagas imediatas e formação de Cadastro Reserva (CR) para o cargo de Fiscal Estadual Agropecuário, com formação em Medicina Veterinária, distribuídas da seguinte forma:

  • Ampla Concorrência: 15 vagas + CR;
  • Vagas PcD: 01 vaga;
  • Vagas para negros e indígenas: 03 vagas.

A remuneração do cargo de Fiscal Estadual Agropecuário é de R$ 5.416,56, contando com um auxílio alimentação de R$ 300,00.

Além disso, o cargo exige certificado de Conclusão ou Diploma, devidamente
registrado, de Curso de Graduação de Nível Superior, Bacharelado, em
Medicina Veterinária, reconhecido pelo Ministério da Educação, além do registro no respectivo conselho de classe.




Concurso IDAF ES: Etapas e organização do certame

Segundo o edital, o concurso IDAF-ES contará com 02 (duas) etapas, sendo elas:

  • 1ª Etapa: Prova Objetiva, de caráter eliminatório e classificatório;
  • 2ª Etapa: Prova Discursiva, de caráter eliminatório e classificatório.

Assim, a Prova Objetiva conterá a seguinte estrutura:

  • Língua Portuguesa: 10 questões, com peso 2,0 cada;
  • Legislação Básica: 10 questões, com peso 1,5 cada;
  • Informática Básica: 10 questões, com peso 1,5 cada;
  • Conhecimentos Específicos: 20 questões, com peso 2,5 cada.

Já a Prova Discursiva terá a forma de uma Peça Profissional e destinar-se-á a avaliar o domínio dos temas abordados, baseada em tópicos do conteúdo de Conhecimentos Específicos do cargo de Fiscal Estadual Agropecuário, com formação em Medicina Veterinária.




Assim, os elementos de avaliação da prova discursiva são os seguintes:

  • Aspectos formais, considerando o domínio da norma culta da língua, situação comunicativa adequada ao texto, pontuação, ortografia, concordância, regência, uso adequado de pronomes, emprego de tempos e modos verbais;
  • Aspectos textuais, considerando o respeito à estrutura da tipologia textual solicitada, unidade lógica e coerência das ideias, uso adequado de conectivos e elementos anafóricos, observância da estrutura sintático-semântica dos períodos.
  • Aspectos técnicos, considerando a compreensão da proposta, seleção e organização de argumentos, progressão temática, demonstração de conhecimento relativo ao assunto específico tratado na questão, concisão, clareza, redundância, circularidade, apropriação produtiva, autoral e coerente do recorte temático.




Pré requisitos para tomar posse

Para tomar posse no cargo de Fiscal Estadual Agropecuário, é necessário cumprir os seguintes pré requisitos:

  • Ter sido aprovado e classificado na forma estabelecida no edital, em seus anexos e eventuais retificações;
  • Apresentar diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso, conforme requisito do cargo pretendido, fornecido por instituição de ensino reconhecida pelos órgãos competentes, comprovado por meio da apresentação de original e cópia do respectivo documento;
  • Apresentar documentos pessoais e suas respectivas cópias: RG; CPF (deve apresentar o comprovante de situação cadastral do CPF); Título de Eleitor e dois últimos comprovantes de votação; Carteira Profissional; duas fotos 3×4; extrato do PIS/PASEP, comprovante de residência; Certidão de Nascimento; Certidão de Casamento (quando aplicável); Certidão de Nascimento e CPF de filhos menores de 18 anos; exames médicos pré-admissionais;
  • Estar registrado e com a situação regularizada no órgão de conselho de classe correspondente à sua formação profissional, quando for o caso, devidamente comprovado com a documentação exigida;
  • Ter nacionalidade brasileira. No caso de nacionalidade portuguesa, estar amparado pelo estatuto de igualdade entre brasileiros e portugueses, com reconhecimento do gozo dos direitos políticos, nos termos do art. 12, §1º da Constituição da República Federativa do Brasil e na forma do disposto no art. 13 no Decreto Federal nº 70.436/1972;




  • Ter idade mínima de dezoito anos;
  • Estar em pleno gozo dos direitos políticos;
  • Estar quite com as obrigações eleitorais;
  • Estar quite com os deveres do Serviço Militar, se do sexo masculino;
  • Estar apto, física e mentalmente, não apresentando deficiência que o incapacite para o exercício das funções do cargo, fato apurado pela Perícia Médica Oficial a ser designada;
  • Não ter sido condenado a pena privativa de liberdade transitada em julgado ou qualquer outra condenação incompatível com a função pública;
  • Estar inscrito regularmente no Cadastro de Pessoas Físicas – CPF;
  • Possuir Carteira Nacional de Habilitação (CNH) na categoria B, no mínimo, e estar apto a conduzir veículos para fins de desempenho de suas atividades;
  • Não acumular cargos, empregos ou funções públicas, salvo nos casos constitucionalmente admitidos;
  • Cumprir, na íntegra, as determinações previstas no edital de Abertura do concurso público.

Considerações Finais

O concurso IDAF-ES é uma excelente oportunidade para quem possui o nível superior em Medicina Veterinária, principalmente por ser um cargo de nível superior.

Assim, aproveite a oportunidade e inicie já os seus estudos pós edital, e você pode utilizar as nossas dicas de estudo para intensificar ainda mais a sua preparação.

LEIA MAIS:



Comentários estão fechados.