Petrobras anuncia redução de R$ 0,20 no litro do diesel

A Petrobras anunciou recentemente a redução do preço do diesel nas concessionárias, que passará de R$ 5,61 para R$ 5,41 por litro.

A Petrobras anunciou hoje a redução do preço do diesel nas concessionárias, que passará de R$ 5,61 para R$ 5,41 por litro, uma redução de R$ 0,20 por litro, uma redução média de 3,5%. O novo valor passa a valer a partir de amanhã e não afetará os demais combustíveis.

Segundo a estatal, levando em conta a obrigatoriedade da mistura de 90 A diesel e 10 biodiesel para a composição do diesel vendido nos postos, a participação da Petrobras no preço ao consumidor passará de R$ 5,05 em média para 4, R$ 87 por litro vendido na bomba.

Segundo a Petrobras, o novo valor segue a evolução dos preços de referência, que se estabilizaram em um patamar inferior para o diesel. Apesar disso, a petroleira ressalta que a redução é compatível com a política de preços da empresa no mercado mundial. O último reajuste do diesel foi em 17 de junho, quando o preço do combustível aumentou.

O alto valor dos combustíveis, principalmente o diesel, tornou-se uma preocupação para o presidente Jair Bolsonaro (PL), que busca sua recondução ao Palácio do Planalto.

Nesse sentido, insatisfeito, o chefe de governo trocou de presidente da estatal mais de uma vez e foi acusado de interferência política. Desde junho, a empresa é chefiada por Caio Mário Paes de Andrade, quinto no atual governo.

Petrobras: Redução do preço da gasolina

No mês passado, a Petrobras anunciou dois cortes no preço da gasolina, sendo o último no dia 28, quando os valores passaram de R$ 3,86 para R$ 3,71 o litro, uma queda de R$ 0,15, o que equivale a 3,9%.

Essa redução acompanha a evolução dos preços de referência, que se estabilizaram em um patamar inferior para a gasolina, e está em linha com a prática de precificação da Petrobras, que busca alinhar seus preços com o mercado mundial, mas sem adequá-los aos Fatores de volatilidade cíclica de cotações internacionais e taxa de câmbio, informou a empresa na época.

Ainda de acordo com o comunicado divulgado pela Petrobras, a participação da empresa no preço ao consumidor passou de R$ 2,81, em média, para R$ 2,70 na época para cada litro vendido na bomba.

Mudança na Política de Reequilíbrio

Desse modo, a redução dos preços dos combustíveis ocorre após a Petrobras alterar a dinâmica de reequilíbrio do combustível. Em comunicado, a estatal disse que o conselho de administração e financeiro da empresa agora supervisionará a execução da política de preços.

Para isso, a diretoria da estatal responsável por determinar os reajustes dos combustíveis deve informar trimestralmente aos dois conselhos sobre a evolução dos preços do diesel, gasolina e gasolina no Brasil. além da participação da Petrobras em cada mercado.

Segundo especialistas do mercado de petróleo, a mudança aumentará a pressão sobre o governo federal para tomar decisões sobre preços.

Redução de ICMS nos Estados

Desde julho, os estados vêm reduzindo a alíquota de ICMS sobre combustíveis de acordo com a legislação aprovada pelo Congresso e aprovada pelo presidente Jair Bolsonaro que limita o percentual de impostos sobre esses produtos e serviços que passam a ser considerados essenciais.

Além dos combustíveis, o gás natural, a eletricidade, as comunicações e os transportes públicos são afetados pela redução tarifária.

> Assine nossa Newsletter para ler conteúdos exclusivos!

Quer receber Notícias Diárias no Telegram? Clique aqui. 

Você também precisa ler:

Comentários estão fechados.