Pagamentos pelo Pix: Veja os usos de chaves e QR Code

Saiba como funcionam os métodos de pagamento com o Pix, que funciona 24 horas por dia, todos os dias da semana e entrega dinheiro na hora.

Clientes de todas as contas bancárias agora podem usar o Pix para pagar suas contas e fazer transferências gratuitas para comerciantes e amigos.

Observe que existem duas formas de efetuar os pagamentos: por meio de chaves como dados de pessoa física e jurídica (e-mail, número de celular, CPF ou CNPJ e chave aleatória) ou por meio de QR code, seja ele disponível online ou fisicamente no estabelecimento.

Saiba como funcionam os dois métodos de pagamento através do Pix que trabalha 24 horas por dia, todos os dias da semana e entrega o dinheiro instantaneamente. Leia as explicações abaixo.

Como faço pagamentos Pix com as chaves?

Agora, ao transferir para outra pessoa, você precisa compartilhar a chave Pix registrada em vez de fornecer informações bancárias inteiras, como agência e conta desta pessoa. Essa chave pode ser e-mail, telefone, CPF ou um número aleatório.

É importante observar que se você registrar sua própria chave para receber transferências, não será possível vincular a mesma chave a mais de uma conta.

Você também precisa ler:

Se você deseja registrar chaves de endereço para instituições diferentes, as informações também devem ser diferentes. Exemplo: No banco A o cliente cadastra o telefone e no banco B cadastra o CPF.

Pessoas físicas podem cadastrar até 5 chaves, pessoas jurídicas até 20 chaves. As transferências são totalmente gratuitas para pessoas físicas e alguns bancos podem cobrar ou não pelo procedimento realizado por pessoas jurídicas.

Como posso efetuar pagamentos através do Pix usando o código QR?

Dessa forma, você tem que use a câmera do telefone para escanear o código QR ou código de barras disponível na conta. Esta é uma maneira ideal de pagar taxas públicas, impostos e contas, por exemplo: Contas diárias: água, luz, telefone, internet.

É importante notar que se você não quiser pagar com chave ou código QR e código de barras, o que muitas pessoas não sabem é que é ainda é possível pagar com os mesmos dados através do TED e passar os dados bancários para quem recebe o dinheiro.

O Pix é um meio de pagamento eletrônico instantâneo e gratuito oferecido pelo Banco Central do Brasil para pessoas físicas e jurídicas. Foi lançado oficialmente em 5 de outubro de 2020 e as operações completas começarão em 16 de novembro de 2020.

O método de pagamento recebeu esse nome porque a palavra Pix se refere a tecnologia, pixels e transações. Então, para entender o que significa Pix, lembre-se que o termo nada mais é do que uma marca criada para identificar o pagamento instantâneo de forma simples e criativa.

Os requisitos básicos que definem as características básicas do ecossistema de pagamentos instantâneos foram estabelecidos pelo Banco Central do Brasil (BACEN) em dezembro de 2018.

O objetivo do ecossistema é reduzir as transações à vista e uma alternativa aos meios de pagamento já oferecidos como Boleto e transações com máquinas de cartão, que são mais rápidos e baratos em relação aos já ultrapassados ​​sistemas TED e DOC.

> Assine nossa Newsletter para ler conteúdos exclusivos!

Quer receber Notícias Diárias no Telegram? Clique aqui.

Comentários estão fechados.