Objetivos financeiros: Defina os seus em apenas 4 passos

Você quer planejar os seus objetivos financeiros e não sabe como? Então, confira as dicas que separamos para você começar já.

Definir os seus objetivos financeiros é muito importante para ficar cada vez mais perto da sua liberdade. Afinal, é difícil pensar em conquistar algo sem que você trace estratégias para chegar lá. E quando se trata de dinheiro é ainda mais delicado. 

Para você atingir qualquer meta financeira, precisa de muita organização. Para ajudar você, separamos algumas dicas importantes e que já pode colocar em prática sem nenhuma dificuldade. Confira!

Como definir os seus objetivos financeiros

Primeiro, você precisa saber que é necessário organização e conhecimento do que quer no futuro. Então, ter objetivos financeiros é fazer um plano de ação de como chegar lá. Confira as nossas dicas!

Quais são os seus objetivos de vida?

Para que você possa definir suas metas, precisa saber qual o seu grande objetivo. Com isso, você consegue pensar em todas as etapas que precisa passar para alcançá-lo. 

Se você quer alcançar a sua liberdade financeira, precisa saber quando você quer atingir. Depois pensar em todas as etapas menores que farão você chegar lá. Por exemplo: fazer renda extra e faturar um determinado valor por mês. Todo mês investir X valor para começar a render. 

É muito importante você ter muito claro o que você quer conquistar. E não pode, de forma alguma, ter um objetivo sem prazo. Caso isso aconteça, fique sabendo que é apenas um sonho. Não tem como você ter objetivos financeiros se não tem prazo para alcançar. 

Seja realista

Um dos motivos para as metas e os objetivos não funcionarem é não ser realista. Não adianta você pensar que alcançará a liberdade financeira em 6 meses, sendo que você ganha R$1.000 por mês. Isso é impossível? Não é, mas é muito difícil acontecer. 

Agora, se você diz que vai conquistar esse objetivo em até dois anos, fica um prazo mais acessível. Até lá você pode mudar de emprego, ser promovido, pode fazer bastante renda extra e outras ações para trazer dinheiro

Escreva seu plano num papel

A partir do momento que você já sabe o que quer alcançar, é hora de tirar essas ideias da cabeça. Você precisa ter uma ferramenta para incluir os objetivos e as metas bem detalhadas. 

O caderno é uma ótima ferramenta analógica para incluir seu plano de ação. Colocar primeiro o grande objetivo e depois as metas. Inclua as datas que cada uma será cumprida e as ações para você alcançar cada uma delas. Um ponto interessante é deixar um espaço para cada uma dos seus objetivos financeiros, para incluir qualquer tipo de observação no meio do caminho. 

As ferramentas digitais, como o Trello, também são ótimas opções. Fica tudo bem organizado e de fácil acesso. Se você gosta do digital, pode procurar por algumas ferramentas de gerenciamento de projetos. São gratuitas e fáceis de mexer. 

Acompanhe o seu processo

Não adianta definir vários objetivos financeiros e não acompanhar o seu desempenho. Por isso é tão importante anotar/registrar todo o passo a passo a ser cumprido. É normal precisar mexer no planejamento no meio do caminho, já que alguns imprevistos podem acontecer. Agora, se você não acompanha todo o processo, não saberá como replanejar. E qual será o resultado? Nada de objetivo cumprido. 

Não precisa se desesperar com imprevistos no caminho. O que mais gera problema é a falta de acompanhamento do seu desempenho. É preciso saber se tem cumprido tudo o que se propôs no plano de ação. Então fique atento nessa etapa. 

> Assine nossa Newsletter para ler conteúdos exclusivos!

Quer receber Notícias Diárias no Telegram? Clique aqui.

Comentários estão fechados.