Entenda o que são despesas fixas e despesas variáveis da sua empresa

É fundamental que você conheça o que são despesas fixas e variáveis da sua empresa. Elas impactarão diretamente no fluxo de caixa. Confira!

Entender o que são despesas fixas e variáveis é fundamental para começar uma organização financeira e, até mesmo, um planejamento financeiro da sua empresa. Afinal, você precisa ter conhecimento dos gastos que são gerados para manter a saúde financeira do seu negócio. 

Você também precisa ler:

Quando olha a planilha financeira da sua empresa, você sabe identificar o que são despesas fixas? E as despesas variáveis? Você entende a importância de conhecer cada uma delas?

Então, para ajudar você a responder de uma vez por todas essas perguntas, separamos algumas informações importantes. Confira!

O que são despesas fixas?

As despesas fixas da sua empresa são aquelas que não estão ligadas ao custo do seu produto. Ou seja, mesmo que a sua empresa não venda nada no mês, as despesas fixas permanecerão. 

Alguns exemplos de despesas fixas: aluguel do espaço; impostos fixos; internet; água; energia; taxas bancárias; plataforma de e-commerce; sistema de gestão; salário de funcionários; pró-labore; entre outros. 

Então, o que são despesas fixas? São aquelas conhecidas como previsíveis. Ou seja, com sua loja aberta ou fechada, elas chegarão.

Agora, vale lembrar que todas são fixas, mas isso não significa que pagará todo mês o mesmo valor.

A conta de energia, por exemplo, é sim uma despesa fixa, já que ela será enviada com a sua loja funcionando ou não, mas o valor pode variar mês a mês. 

O que são despesas variáveis?

As despesas variáveis são aquelas relacionadas à produção e às vendas. Ou seja, elas alteram de acordo com o funcionamento da empresa.

Entretanto, vale lembrar que nada tem a ver com os custos relacionados ao produto, como o recipiente para produção de uma vela aromática, por exemplo.

Mesmo que não seja tão simples de mapear como as despesas fixas, as despesas variáveis não são complicadas quando o assunto é o controle. 

Alguns exemplos de despesas variáveis: comissão de vendas; fretes ou qualquer gasto relacionado às entregas; imposto relacionado às vendas; multas por atraso; entre outros. 

Quando você tem tudo muito bem organizado em uma planilha financeira da empresa, fica muito mais fácil prever as despesas variáveis.

Caso você tenha dificuldade em relação às despesas fixas e variáveis, é muito importante que procure ajuda de um profissional.

Afinal, entender sobre cada uma das despesas, além do custo por produto, é fundamental para o funcionamento da sua empresa. 

A importância sobre cada uma delas

Entender o que são despesas fixas e variáveis não é difícil. Por isso, é um perigo achar que podem ser deixadas para depois.

Afinal, sem elas você não consegue elaborar o orçamento financeiro da sua empresa.

Quando você coloca cada uma delas na planilha é mais fácil ter um controle sobre o seu planejamento financeiro. Saberá o que pode ser reduzido do orçamento ou, até mesmo, cortado.

Esse conhecimento vai impactar diretamente o fluxo de caixa, ou seja, organizar para não terminar o mês no vermelho.

Afinal, o dinheiro que a sua empresa fatura também será direcionado para as despesas fixas e despesas variáveis.

Então, vale a pena entender mais sobre isso ou, até mesmo, procurar um profissional que mostre na prática esse conceito.

Essa é uma explicação rápida sobre o que são despesas fixas variáveis, além de exemplos que deixam mais prático tudo que foi citado.

Entretanto, você só aprenderá colocando a mão na massa. 

> Assine nossa Newsletter para ler conteúdos exclusivos!

Quer receber Notícias Diárias no Telegram? Clique aqui.

Comentários estão fechados.