Nome sujo: Saiba renegociar dívidas e sair da negativação

Se você está com o "nome sujo", lhe mostraremos algumas dicas para que passe a renegociar suas dividas e sair da negativação. Saiba mais!

Caso você esteja com o “nome sujo”, lhe mostraremos algumas dicas para que passe a renegociar suas dividas e sair da negativação.

Sabemos que mais de 60 milhões de brasileiros estão com dívidas negativas ou vencidas.

Você não está sozinho nessa!

Continue lendo para saber de uma vez por todas como renegociar sua dívida e tornar seu nome limpo outra vez.

Como renegociar dividas estando com o “nome sujo”?

Inicialmente, o primeiro passo para renegociar sua dívida é saber se você tem dívidas e quais.

Assim, para analisar sua situação, basta consultar seu CPF. Essa etapa é muito importante para quem deseja renegociar dívidas. Apenas desse modo você saberá exatamente quanto e a quem deve.

Logo, você pode visualizar seu CPF gratuitamente no “Serasa Limpa Nome”.

O grande passo é se organizar. Para tanto, você necessita colocar a dívida no papel.

As listas são importantíssimas para reorganizar o seu orçamento.

Aqui estão alguns passos que você pode tomar para começar a pagar as dívidas e voltar ao equilíbrio financeiro:

  • Estabeleça um limite de negociação e não assuma compromissos que você não pode pagar;
  • Tenha em conta os imprevistos. Faça uma reserva de emergência para cobrir despesas inesperadas;
  • Evite novas dívidas desnecessárias;
  • Consulte seu CPF gratuitamente;
  • Negocie as dívidas de maneira online;

Renegociação de dívida

Antes de fechar negócio, pense no compromisso que vai assumir. Faça uma lista das etapas a serem avaliadas na finalização do acordo. Considere estes pontos:

  • Se há juros e quais são;
  • Se pode pagar à vista ou tem que optar pelo parcelamento;
  • Qual é o desconto;

Um problema com dívidas altas ​​é a ‘bola de neve” que elas se tornam.

Em geral, grandes dívidas são geradas por altas taxas de juros.

Isso acaba dificultando o pagamento do valor total, pois o devedor não consegue organizar renda suficiente para saldar a dívida e acaba permanecendo endividado e com o nome sujo.

Durante um processo de renegociação de dívidas, o imbróglio (bola de neve) pode acabar.

Logo, isso se justifica pois é possível conseguir uma quitação da dívida que seja boa tanto para o credor quanto para a sua saúde financeira, o que impede que a dívida cresça.

Com o toque dos juros altos, o endividado passa a poder para reorganizar sua vida financeira, fazer o pagamento e, eventualmente, saldar toda a dívida evitando continuar com o “nome sujo”.

Saiba o valor total da dívida

Antes de realizar quaisquer renegociação de dívidas, é preciso saber o valor da dívida.

Isso ajuda tanto no cálculo do valor pendente quanto na apresentação de uma proposta de alívio.

Trata-se de entrar em contato com o credor e solicitar a atualização do valor da dívida, incluindo a taxa de juros e eventuais taxas aplicáveis.

Assim, a dica mais fundamental na hora de renegociar a dívida é procurar os canais oficiais do agente financeiro com quem o empréstimo foi realizado para que você não fique mais endividado e com o nome sujo

Para isso, basta ir até a sua agência ou entrar em contato com a empresa pelos canais oficiais de atendimento.

Em vários casos, além de simular as novas condições de crédito, também é bem possível submeter uma candidatura online completa.

Inúmeros intermediários financeiros ofertam acesso a esses dados em suas plataformas online. Nestas hipóteses é mais fácil fazer a referida consulta.

Por fim, depois de negociar as melhores condições de pagamento e finalmente saldar sua dívida, não se esqueça de pedir ao credor uma carta de quitação.

Após isso, verifique em quanto tempo sua situação com a Serasa ficará regularizada caso você ainda esteja com o nome sujo.

Quer receber Notícias Diárias no Telegram? Clique aqui e acompanhe o nosso portal.

Comentários estão fechados.