Concurso público do IBAMA terá mais de 500 vagas; Confira!

Novo certame IBAMA já tem pedido de autorização encaminhado e trará oportunidades para níveis médio e superior. Confira!

O novo presidente do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (IBAMA), Rodrigo Agostinho, confirmou em entrevista que a realização de um novo concurso público está entre as prioridades do órgão.

Nisso, o atual presidente já encaminhou um pedido de autorização para a Secretaria de Gestão e Inovação em Serviços Públicos.

Concurso IBAMA ainda em 2023?

A expectativa é que o concurso ofereça mais de 500 vagas para candidatos com nível médio e superior, com salários que podem chegar a R$ 8.547,64.

A previsão é que as vagas sejam destinadas para diversas áreas do órgão, como fiscalização ambiental, gestão de projetos, análise de processos e suporte administrativo.

A realização deste concurso é uma medida importante para o fortalecimento do quadro de servidores do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e para a manutenção de suas atividades e projetos em prol do meio ambiente.

Déficit de servidores

IBAMA tem apenas 53% do quadro previsto e busca novos servidores através de concurso público

O Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (IBAMA) possui apenas 53% do quadro total previsto, o que evidencia a carência de servidores no órgão.

A situação é preocupante, principalmente porque a demanda por ações de fiscalização e preservação do meio ambiente no país é crescente.

Essa defasagem se acentuou com a redução do quadro de servidores durante o governo Bolsonaro, que Agostinho, presidente da entidade, afirma ter paralisado e desmontado o órgão.

Com isso, o órgão está trabalhando para realizar um novo concurso público, tendo em vista que a necessidade de contratação é urgente.

Pedido de autorização

O novo pedido de autorização já foi encaminhado para a Secretaria de Gestão e Inovação em Serviços Públicos e a expectativa é contratar cerca de 500 novos profissionais.

Entretanto, a quantidade de vagas ainda não foi definida.

Além disso, a equipe de transição apresentou um relatório no final do último ano, onde consta que o setor ambiental conta com um déficit de pelo menos 2,1 mil novos servidores.

Esse número abrange não só o IBAMA, mas também o Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), o Serviço Florestal Brasileiro (SFB) e o Ministério do Meio Ambiente (MMA).

A situação é preocupante, uma vez que o país enfrenta graves problemas ambientais que afetam diretamente a qualidade de vida da população e a biodiversidade brasileira.

Portanto, é fundamental que sejam realizados concursos públicos para que haja a contratação de novos servidores capacitados, possibilitando a realização de ações efetivas para a preservação do meio ambiente.

A falta de profissionais compromete a eficiência e a efetividade das ações do IBAMA, que é responsável por garantir a proteção da natureza e o desenvolvimento sustentável no país.

Sobre o órgão do IBAMA

O Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis, IBAMA, é uma autarquia federal vinculada ao Ministério do Meio Ambiente (MMA) responsável pela proteção do meio ambiente e pelo controle e fiscalização do uso dos recursos naturais no Brasil.

O instituto foi criado em 1989 com o objetivo de integrar as ações de fiscalização ambiental no país, antes desempenhadas por diversos órgãos federais e estaduais.

Suas atividades incluem a fiscalização de atividades potencialmente poluidoras, a proteção de áreas de conservação ambiental, a gestão de recursos pesqueiros, a prevenção e controle de incêndios florestais, entre outras.

Além disso, o IBAMA também é responsável por conceder licenças ambientais para empreendimentos que possam causar impacto ao meio ambiente, como indústrias, usinas e estradas.

A autarquia também possui programas de conservação da biodiversidade, tais como a proteção de espécies ameaçadas de extinção, e o combate ao tráfico de animais silvestres.

Apesar da importância do mesmo para a preservação do meio ambiente, o órgão vem enfrentando dificuldades nos últimos anos, com a redução do quadro de servidores e a diminuição do orçamento destinado à sua operação.

Isso tem comprometido a capacidade da instituição de desempenhar suas funções e tem gerado críticas por parte de organizações ambientalistas e da sociedade em geral.

A realização de um novo concurso público para o IBAMA, com a abertura de novas vagas para servidores, é uma das pautas prometidas pelo atual governo para reforçar a capacidade de fiscalização e proteção ambiental no país.

Quer receber Notícias Diárias no Telegram? Clique aqui e acompanhe o nosso portal.

Comentários estão fechados.