Freelancer: Descubra o que faz e qual sua remuneração

Freelancer é a expressão em inglês utilizada para designar o profissional autônomo que trabalha com diferentes empresas com projetos. Veja mais!

Freelancer é a expressão em inglês utilizada para designar o profissional autônomo que trabalha com diferentes empresas com projetos.

Quer você queira ganhar uma renda extra ou conseguir um emprego CLT, o freelancer é uma oportunidade de trabalho independente com autonomia profissional cada vez mais procurada por startups e empresas de marketing.

E quais as vantagens de ser autônomo? Precisa ser MEI ou PJ para negociar? Explicamos tudo o que você precisa saber sobre a vida deste profissional.

O que é Freelancer?

Comumente conhecido como “Freela” no Brasil, é um termo em inglês para caracterizar o profissional autônomo que oferece seus serviços para diversas empresas não assalariadas.

Ser um profissional freelancer nos dias atuais pode ser algo muito vantajoso.
Ser um profissional freelancer nos dias atuais pode ser algo muito vantajoso.

Assim, com as atuais tecnologias e a era pós-pandemia, muitos freelancers brasileiros encontraram a solução para trabalhar de forma independente, sustentar a família ou até mesmo buscar horários mais flexíveis, aumentar a renda e fazer o que amam.

Prós e contras de ser freelancer

Atuar como este profissional exige muita disciplina para administrar o faturamento mensal e atrair clientes. Antes de entrar nesse mercado, precisamos considerar os prós e contras:

  • Prós: Profissionais autônomos têm liberdade para gerenciar sua agenda de acordo com suas necessidades e também podem escolher como prestar serviços, seja por meio de um CNPJ ou não. Os freelancers podem escolher a forma de tributação e a capacidade de prestar serviços para diferentes negócios e diferentes nichos.
  • Contra: Por ser um mercado competitivo, alguns recursos adicionais precisam ser desenvolvidos para fazer o seu trabalho para torná-lo mais fácil de notar. A organização é muito importante para que não haja surpresas financeiras quando algumas empresas quiserem rescindir o contrato de trabalho. Como o freelancer é independente, é preciso pensar e se organizar a longo prazo para lidar com imprevistos.

Como contratar um profissional?

Por meio da informalidade é uma das formas mais comuns, então você precisa de um portfólio para mostrar seu trabalho e gerar confiança em suas entregas.

Os serviços podem ser divulgados através da rede social e também através de sites que oferecem várias oportunidades para contratação como:

  • 99Freelas.com;
  • Freelancer.com;
  • Fiverr.com;
  • Workana.com;

Outrossim, é importante, a parceria ser formalizada por contrato para dar segurança as partes que estão acordando.

Precisa ser pessoa jurídica?

Não é obrigatório, existem contratos para freelancers, mas para muitas empresas é interessante ter notas fiscais emitidas para economizar impostos.

Não se preocupe, é fácil abrir um MEI para se tornar um freelancer.

Em que áreas esse profissional atua?

Existem várias áreas de atuação para este profissionais, como por exemplo: Social Media, Jornalista, Redator, Fotógrafo, Tradutores, Designer Gráfico, Editores de Vídeo, Programador entre outros.

Nisso, você pode se atentar aos freelancers mais procurados e investir em especializações ou até mesmo trocar de área pois alguns são mais procurados e possuem maior demanda.

Como se tornar um freelancer para empresas no exterior?

Receber fundos em dólares é uma excelente oportunidade para conseguir um bom crescimento financeiro.

Para tanto, é necessário se cadastrar em sites estrangeiros para obter oportunidades e demonstrar habilidades técnicas.

Outrossim, é possível encontrar oportunidades nesta categoria de autônomo através de referências ou através do LinkedIn e outras redes sociais.

Quer receber Notícias Diárias no Telegram? Clique aqui e acompanhe o nosso portal.

Comentários estão fechados.