Drex: Banco Central nomeia nova Moeda Digital oficial do Brasil

A proposta do banco Digital é implantar a primeira moeda digital oficial do Brasil, veja todas as informações sobre a Drex.

O Banco Central divulgou em primeira mão o nome da mais nova moeda do Real Digital, o Drex. Com isso, essa  grande novidade, que chegará para mudar e dar outro aspecto na economia digital, já tem gerado muitas dúvidas em relação ao PIX;

Diante disso, a maior dúvida surge porque, da mesma forma que o PIX, o Drex também será usado de forma ágil e fácil para pagamentos e transferências. Veja o que muda entre o PIX e o DREX.

Drex e Pix: veja a diferença

Basicamente, o PIX é a transferência instantânea, enquanto o Drex é a própria moeda, sendo a primeira moeda virtual oficial do Brasil.

Por sua vez, o PIX é a forma de transferência de dinheiro, já o Drex é a moeda digital. Ademais, o Drex pode ser usado ainda para fazer PIX, da mesma forma para pagamentos e transferências.

Outro ponto importante, é o custo de uso que o Drex poderá ter. Diante do exposto, o Real Digital poderá reduzir os custos das operações financeiras como são feitas atualmente, de acordo com o coordenador do projeto no Banco Central, Fabio Araújo, para o portal de notícias do G1.

Real Digital chamado de Drex, entenda como funciona

Inicialmente, o Real Digital vai funcionar como uma nova expressão das cédulas físicas, que são emitidas pelo Banco Central. Com isso, ele será garantido pelos mesmos princípios e políticas econômicas que determinam o valor e estabilidade do real brasileiro utilizado.

É importante mencionar que a característica marcante do Drex é a interoperabilidade, sendo  a capacidade dessa moeda digital de operar com outras moedas de maneira muito mais rápida, facilitando com isso, transações internacionais por meio de bancos.

Logo, isso potencializa os investimentos internacionais e promove uma movimentação da economia do país, favorecendo todos os empreendedores. Segundo o Banco Central, o Drex tem previsão para chegar no final de 2024.

Comentários estão fechados.