Concurso Público SEE PE: 3.686 vagas para efetivos. Confira os detalhes!

Atenção! A Secretaria de Estado de Educação e Esportes de Pernambuco – SEE PE confirmou que o novo concurso com 3.686 vagas efetivas, terá a banca Cebraspe como organizadora.

Nesse sentido, foi publicado a dispensa de licitação para que o Cebraspe fosse contratado. Isto é, agora a banca ficará responsável pelas inscrições, bem como aplicação de provas e demais etapas do concurso público SEE PE.

Segundo a deputada estadual de Pernambuco, Teresa Leitão, o edital do concurso SEE PE será publicado até o final de março.

Além do mais, o prazo foi passado a ela durante reunião com o secretário de educação, Marcelo Barros, em janeiro.

Vale ainda destacar que as oportunidades serão distribuídas em diversos cargos, por exemplo, cargos de professores  na Educação Básica, Profissional, Educação Especial e para o Conservatório Pernambuco de Música. Além de analistas em gestão educacional.

Em síntese, o objetivo do concurso SEE PE é reforçar o quadro para contribuir com a rede de ensino a longo prazo.

Você também precisa ler:

Concurso Público SEE PE: último concurso.

A princípio, o último concurso SEE PE ocorreu em 2015. Na época foram ofertadas 3 mil vagas imediatas. No entanto, desde a homologação dos resultados, que ocorreu no ano de 2017, mais de 4 mil profissionais foram contratados.




Dessa forma, claramente é possível notar que a Secretária de Educação costuma convocar os excedentes durante o prazo de validade do concurso.

Ao todo, as oportunidades de vagas do último concurso foram para os cargos de professor, no qual foram distribuídas em três editais,

  • Educação básica e especial: 2.458 vagas, sendo todas de nível superior.
  • Educação profissional: 342 vagas, sendo 79 para o nível superior e 263 para o nível médio (magistério).




Provas do último concurso

Inicialmente, as provas foram compostas por 40 questões de multipla escolha, distribuídas entre as disciplinas:

  • Língua Portuguesa;
  • Conhecimentos Pedagógicos;
  • Conhecimentos Específicos.

Além disso, também houve aplicação de provas discursivas, de caráter eliminatório e classificatório, para professores de Português.

Por sua vez, os candidatos tiveram que fazer uma redação dissertativa argumentativa.

Logo, os candidatos que concorreram há vagas nas áreas de Libras e Braille, da Educação Especial, tiveram ainda que realizar uma prova prática.

Você também precisa ver:



Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.