Como chutar na prova de concurso: as melhores dicas.

Olá concursandos! Como estão os estudos? A dica de estudos de hoje é sobre um tema um pouco polêmico, que é como chutar na prova de concurso.

Claro, é preferível responder as questões com convicção, mas quando isso não é possível, o chute pode ser uma opção. Entretanto, você sabia que existem técnicas para chutar?

Assim, se você quer saber mais sobre como chutar na prova de concurso, leia o artigo até o final.

Dicas básicas para chutar na prova de concurso

A tão famosa dúvida entre as questões de concurso é um assunto comum entre os concurseiros.

Antes de sair chutando as questões da prova, vamos falar sobre alguns detalhes que fazem toda a diferença.

Primeiramente, compreenda que o chute sem estudo é mera perda de tempo. Ou seja, não adianta se confiar apenas no chute e relaxar no ritmo de estudo.

Sabemos que é difícil manter um ritmo de estudos consistente, e em muitos momentos acabamos ficando desmotivas, mas o chute em si não é a solução para o problema.

>>> Leia mais: Como ter motivação nos estudos e não desanimar. 7 Dicas Infalíveis. <<<

Além disso, o chute deve ser visto como um complemento no momento da prova, principalmente para as questões que está em dúvida ou que realmente não lembra.

Por isso dizemos que o chute na prova de concursos é estratégico, porque não é feito de qualquer jeito e aleatoriamente.

Antes do chutar na prova de concurso, responda as questões que têm certeza

Muitas pessoas acham que é perda de tempo pular as questões que está em dúvida ou que não sabe a resposta.

Contudo pense comigo, onde seria a maior perda de tempo: pular a questão da qual não tem certeza da resposta ou ficar olhando para a questão tentando lembrar da resposta e não conseguir?

Assim, foque em resolver as questões das quais tem certeza da resposta, garantindo estas questões, e volte depois relendo a prova e pensando com mais calma nas que faltaram.

Observe as alternativas opostas

Muitas bancas utilizam a estratégia de apresentar conceitos completamente opostos nas alternativas das questões, testando a atenção do candidato.

Sendo assim, preste bastante atenção no enunciado da questão e no que ela está pedindo, para poder eliminar e comparar as alternativas que são completamente opostas.

Vamos à um exemplo desse tipo de questão. 

“Tendo como base as disposições da Lei n. 4.623/1984 – Estatuto dos Funcionários Públicos do Município de Santos, assinale a alternativa correta.”

a) As transferências, de qualquer natureza, serão feitas somente a pedido do funcionário, atendida sempre a conveniência do serviço e os requisitos necessários ao aproveitamento do cargo.

b) A readmissão, que decorrerá sempre de decisão administrativa ou judiciária, é o reingresso no serviço público, de funcionário demitido, com o ressarcimento dos prejuízos decorrentes do afastamento.

c) Será anulada a reversão ex officio e cassada a aposentadoria do funcionário que reverter e não tomar posse ou não entrar em exercício dentro do prazo legal.

d) Readmissão é o ato pelo qual o funcionário exonerado reingressa no serviço público, sem direito a qualquer ressarcimento e sempre por conveniência da Administração.

e) Reintegração é a volta do funcionário em disponibilidade ao exercício de cargo público.

Perceba que as alternativas B e D repetem o termo readmissão, indicando que uma das duas alternativas pode ser a alternativa correta. E de fato, a alternativa correta desta questão é a alternativa D. 

Observe as alternativas similares

Outra dica de ouro para chutar de forma estratégica na prova de concurso é observar as alternativas similares, e isso é muito comum quando se trata de questões de matemática e raciocínio lógico.

Confira no exemplo.

“Um determinado produto, se for comprado a prazo, terá 25% de acréscimo sobre o valor de etiqueta, e passará a custar R$ 120,00. Se esse produto for comprado à vista, terá 20% de desconto sobre o valor da etiqueta. O preço desse produto à vista é:

a) R$ 76,80

b) R$ 80,40

c) R$ 68,00

d) R$ 72,50

Observando as respostas, é possível perceber que as alternativas que são bem parecidas entre si são as letras A e D. Assim, a alternativa correta é a letra A.

Responda por aproximação

Outra opção para chutar nas provas de concursos é responder por aproximação, que é muito comum nas questões de raciocínio lógico quando você faz o cálculo e não chega à nenhum dos resultados das alternativas.

Assim, você deve escolher a alternativa com o valor ou com a resposta mais próxima do seu cálculo.

Veja o exemplo.

“Um reservatório com a forma de um paralelepípedo retângulo, cujas dimensões são 5m, 40dm e 0,02hm, apresenta gasolina até 11/16 de sua capacidade. Custando o litro de gasolina R$ 5,00, qual o valor do conteúdo desse reservatório?”

a) R$ 200.000,00
b) R$ 162.500,00
c) R$ 137.500,00
d) R$ 110.000,00

Sendo assim, digamos que você fez os cálculos e a sua resposta apresentou o resultado de R$ 132.000. Pela técnica da aproximação, a alternativa com a resposta mais próxima seria a C, que de fato é a alternativa correta.

Alternativas com sequências

Em algumas bancas, é possível encontrar questões no estilo de “verdadeiro ou falso”, e nesse tipo de questão é importante analisar as alternativas para poder responder a questão com uma margem de segurança.

Aqui, você pode utilizar as alternativas que tem certeza para eliminar itens, melhorando os níveis de acerto.

“Acerca dos princípios que regem as correspondências oficiais, analise as afirmativas a seguir e marque V para as verdadeiras e F para as falsas.”

( ) A impessoalidade decorre sobretudo da formatação padronizada dos textos, em conformidade com parâmetros oficiais.
( ) A concisão requer que o texto tenha extensão reduzida, o que exige economia de pensamento.
( ) Na correspondência oficial, a objetividade é aplicada, por exemplo, ao indicar claramente o assunto já no primeiro parágrafo.
( ) O emprego de pronomes de tratamento implica cuidado na concordância de verbos e demais pronomes.

A sequência está correta em:

a) F – F – F – V
b) V – F – F – V
c) F – V – V – F
d) F – F – V – V

Digamos que nesta questão você tenha certeza que a primeira alternativa é falsa e a última é verdadeira. Assim, as suas opções de chute ficam entre as alternativas A e D. Neste caso, a alternativa correta é a D.

Observe as generalizações

Algumas bancas trabalham muito com generalizações, contendo termos como:

  • Nunca;
  • Sempre;
  • Todos;
  • Nenhum;
  • Exclusivamente;
  • Em todos os casos.

Sendo assim, alternativas com esses termos tem a maior probabilidade de estarem incorretas. Dessa forma, alternativas com expressões como geralmente, quando for possível ou predominantemente tem a maior possibilidade de estar correta.

Respostas claras e de fácil leitura

Outra dica de ouro para chutar na prova de concurso é observar as questões com respostas diretas e claras. Muitas vezes, a banca traz alternativas que possuem a resposta clara, sem espaços para dúvidas ou possíveis questionamentos.

Assim, ao ler as questões, elimine as alternativas que são confusas e e extremamente longas. 

Observe o cartão resposta

No momento de chutar na prova, é importante observar o cartão resposta o padrão de respostas que você construiu, pois o gabarito é composto por probabilidades.

Provavelmente, se a sua prova é de múltipla escolha contendo 05 alternativas (a, b, c, d, e), espera-se uma probabilidade de 20 questões em cada uma dessas alternativas.

Lembre-se que o chute não garante um acerto infalível, mas analisar as questões e probabilidades diminuem as chances de erro.

Esteja atento às outras questões

Além disso, outra dica de ouro é observar as demais questões, pois é possível que o enunciando de outras questões traga a resposta para as demais questões.

Por isso, é fundamental ler toda a prova, tal como seus enunciados e alternativas com muita calma, pois você pode encontrar alguns conceitos e definições que podem ser úteis em outras questões.

Conheça a banca examinadora

Dessa forma, não tem como fugir: conhecer a banca examinadora do seu certame é essencial para poder compreender padrões e conhecer a possível estrutura da sua prova.

Por isso, é fundamental analisar os certames anteriores, tal como os assuntos mais cobrados e a maneiras que eles são exigidos pela banca, para poder ter uma noção de como será a sua prova.

Sendo assim, é muito provável que a banca não traga questões repetidas, mas é comum que ela traga questões com raciocínios semelhantes às anteriores.

Dê tudo nos estudos

Por fim, não podemos esquecer que nenhuma das técnicas de chute substitui um bom ciclo de estudos.

>>> Leia mais sobre ciclos de estudos. <<<

Assim, é importante compreender que o chute é apenas um recurso que pode ser utilizado em momentos de dúvida e não na prova toda.

Ou seja: quanto mais você souber e responder com certeza, melhores serão os seus resultados e maior a probabilidade de acertar nos chutes.

Considerações Finais sobre chutar na prova de concurso

Nesse sentido, não é segredo para ninguém que não existe atalho ou um caminho mais curto para ter sucesso e alcançar a posse no cargo dos sonhos.

Assim, saber técnicas de como chutar na prova de concurso podem lhe ajudar a aumentar o seu percentual de acertos, mas não é garantia para a sua aprovação.

Sendo assim, invista em um estudo consistente e de qualidade, conheça muito bem a sua banca e no mais, não desista!

Se gostou dessas dicas compartilhe com seus amigos! Curta nossas redes sociais e comente.

Até o próximo artigo!

Juntos somos mais fortes!!

Comentários estão fechados.