Cashback: Veja 3 dúvidas comuns sobre essa opção no cartão

O Cashback é um modelo que funciona em vários países ao redor do mundo, varrendo milhões de usuários que economizam e fatura nas compras.

Cashback: O que é? Como funciona? Quando e como dá para usar o dinheiro? Veja essas e outras perguntas respondidas neste post.

Inicialmente, o termo ‘Cashback’, em tradução direta do inglês, nada mais é do que dinheiro de volta. Em outras palavras, um recurso que lhe dá uma porcentagem do valor de volta para cada compra que você faz.

Então Cashback é dinheiro grátis?

Não exatamente. Esse benefício é quase uma versão simplificada dos programas de pontos. Em vez de acumular um certo número de pontos para cada compra e trocar esses pontos por produtos ou serviços, o cashback permite que você ganhe dinheiro diretamente.

Nisso, é como se fosse uma recompensa da instituição por focar seus gastos nele.

O mercado de cashback tem crescido rapidamente no Brasil nos últimos dez anos. Em países como Estados Unidos e Inglaterra, os programas de recompensas aumentaram as vendas e retiveram clientes desde a primeira metade da década de 1990.

Existem várias formas de ganhar esse benefício:

  • Compra por meio de aplicativos especializados (que possuem parcerias com várias marcas);
  • Por meio de aplicativos de viagens e entregas;
  • Ou até mesmo diretamente daquela marca ou empresa da qual você sempre compra (se eles oferecerem seu próprio programa de reembolso).

Alguns cartões de crédito também ofertam esse beneficio a cada compra realizada, tal como é o caso do Nubank Ultravioleta.

Confira, abaixo, as respostas para 5 (cinco) dúvidas comuns sobre esse beneficio.

1 – Esse beneficio é desconto?

Não, cashback não é desconto. Você precisa comprar um produto ou serviço específico e pagar o valor total para receber uma porcentagem do dinheiro de volta – seja da empresa que o vende, por meio de intermediários que oferecem o serviço às lojas ou por meio de seu cartão de crédito.

Veja também:

Ao contrário do cashback, o desconto é aplicado antes da compra: você vai até a loja, escolhe um produto e quando vai ao caixa, a redução é feita no valor original do produto.

Por exemplo, se for R$ 200 na prateleira e você pagar R$ 150 no caixa, é um desconto.

2 – Como funciona o cashback?

O beneficio está inevitavelmente ligado a uma compra. Para ganhar dinheiro de volta, você precisa escolher o produto que deseja, pesquisar quais lojas têm o melhor preço e qual delas oferece mais cashback.

Mas lembre-se: existem diferentes tipos de programas deste tipo. Às vezes é necessário comprar um produto específico para ganhar cashback; ou use uma marca específica de cartão para ser elegível para reembolso.

Por isso, é importante seguir as regras do respectivo programa.

Também é importante prestar atenção à reputação das lojas. Com a popularidade do beneficio, os sites de vendas falsos usam esse recurso como uma armadilha para atrair clientes e usar golpes.

Aprenda a fazer compras online com segurança.

3 – Quando o cliente recebe?

Inicialmente, a maioria dos programas de cashback libera o valor imediatamente após a confirmação do pagamento da compra.

Caso contrário, a empresa deve especificar, por meio de suas regras ou termos e condições, o prazo máximo que o valor pode ser disponibilizado ao cliente.

Diferentemente dos outros tipos existentes, como programas de milhas e pontos, não há necessidade de ganhar um valor exato para resgatar o cashback.

Em geral, o cliente já pode utilizar os recursos assim que liberados (de acordo com as regras do programa).

Portanto, sempre verifique as datas de resgate e vencimento do seu cashback.

Por último, caso você vir uma oferta atraente de reembolso, nunca insira seus dados imediatamente. Encontre mais informações sobre a empresa, marca ou aplicativo que oferece o reembolso antes de fornecer suas informações pessoais.

Quer receber Notícias Diárias no Telegram? Clique aqui. 

Comentários estão fechados.